quarta-feira, março 28, 2012

Quase fui pra casa do caralho! - Roni Chapeleta


Esta HQ não foi publicada na Revista Buttman 36. Na edição 35 matei o personagem, pois o meu contrato com a Buttman havia acabado. No entanto, o Stanley Miranda solicitou que eu ressuscitasse o Roni no mês seguinte. Até hoje não sei o motivo...

*Clique na imagem para ampliar.

A última foda - Roni Chapeleta


HQ do personagem Roni Chapeleta, publicada na Revista Buttman nº35 em Janeiro de 2004.
*Clique na imagem para ampliar.

Bimbada Natalina - Roni Chapeleta


HQ do personagem Roni Chapeleta, publicada na Revista Buttman nº34 em Dezembro de 2003.
*Clique na imagem para ampliar.

Brincadeiras do caralho! - Roni Chapeleta


HQ do personagem Roni Chapeleta, publicada na Revista Buttman nº33 em Novembro de 2003.
*Clique na imagem para ampliar.

Chulezão da Porra - Roni Chapeleta


HQ do personagem Roni Chapeleta, publicada na Revista Buttman nº32 em Outubro de 2003.
*Clique na imagem para ampliar.

Troféu Manjuba de Ouro - Roni Chapeleta


HQ do personagem Roni Chapeleta, publicada na Revista Buttman nº30 em Agosto de 2003.
*Clique na imagem para ampliar.

Uma foda boa pra cachorro - Roni Chapeleta

HQ do personagem Roni Chapeleta, publicada na Revista Buttman nº29 em Julho de 2003.
*Clique na imagem para ampliar.

Spanking - Roni Chapeleta


HQ do personagem Roni Chapeleta, publicada na Revista Buttman nº28 em Junho de 2003.
*Clique na imagem para ampliar.

Pimenta no cu dos outros é refresco - Roni Chapeleta

HQ do personagem Roni Chapeleta, publicada na Revista Buttman nº27 em Maio de 2003.
*Clique na imagem para ampliar.

Cuzinho Maravilha - Roni Chapeleta


HQ do personagem Roni Chapeleta, publicada na Revista Buttman nº23 em Janeiro de 2003.

*Clique na imagem para ampliar.

Golden Shower - Roni Chapeleta


Primeira HQ do personagem Roni Chapeleta, publicada na Revista Buttman nº21 em Novembro de 2002.

*Clique na imagem para ampliar.

segunda-feira, março 26, 2012

segunda-feira, março 12, 2012

Véio Boneco

O Véio Boneco vai roubar sua alma.
Com seus olhos de farofa e sua bola de festa preta
Lá vai o Véio Boneco pela madrugada